23 agosto / 19h–21h
Ponto de partida no pátio da ESSG

Secção MAIS FESTA – Extra concursoContribuição solidária (a chapéu)Necessário bilhete

Os Filhos de Abel

Rota Clan­des­tina

Os Filhos de Abel

Passear é conhecer outras casas enquanto trazemos a nossa até outros lugares. A casa-corpo da Catarina, a casa-tempo da Rita, a casa atlân­tica e pacífica de uma volta ao mundo do pai do Hugo, a casa-mundo, interior e exterior do Diogo, a casa que é nossa e que en­con­tra­mos sem querer na casa dos outros, a casa-floresta do David ou a casa-aldeia-do-meu-avô da Beatriz. Passear é trocar de chaves como faz o Miguel, é re­en­con­trar a calma e o centro ao lado da Ema, é o que en­con­tra­mos noutras casas para depois des­co­brir nas nossas. Em Os Filhos de Abel um grupo de per­for­mers convida o público a acom­pa­nhá-los num passeio onde se trocarão his­tó­rias, aflições, teorias ou de­sa­ba­fos.

Cons­truída a partir de memórias de outras ge­o­gra­fias (como Vale Formoso, Miranda de Arcos de Valdevez, o porto de Lisboa ou de Malaca), este es­pec­tá­culo-ca­mi­nhada convida o es­pec­ta­dor a escolher que per­cur­sos e quantas viagens deseja fazer num total de 7 per­for­man­ces-ca­mi­nha­das de apro­xi­ma­da­mente 2000 passos cada uma ou 10 a 15 minutos.

  1. Estudo sobre a Cir­cu­la­ri­dade da Viagem, Beatriz Gaspar
  2. Raiz, Beatriz Teodósio
  3. Lugar de Alguém, Catarina Pacheco
  4. Serar, Ema Pais
  5. Vinte e cinco mil, seis­cen­tas e cin­quenta milhas ma­rí­ti­mas, Hugo Teles
  6. Por Par­ti­lhar, Miguel Baltazar
  7. Trans­fi­gu­ra­ção, Rita Barros

Ficha técnica e artística

Orientação: Patrícia Portela
Com: Beatriz Gaspar, Beatriz Teodósio, Catarina Pacheco, Ema Pais, Miguel Baltazar, Hugo Teles e Rita Barros
Assistente de Produção/Prado: Sara Alexandra
Agradecimentos: Afonso Reis Cabral, Alexandrina Cunha, Andreia Carneiro, Beatriz Mestre Costa, Célia Fechas, Cláudia Jardim, Conceição Mendes, Gonçalo Fernandes, João e Teolinda Portela, Lensey Lopes Pais, Luca Aprea, Lucia Lopes Pais, Luís Pinho, Manuel Lage, Mauro Madeira, Mariana Santana, Miguel Cruz, Natividade Vicente, Patrícia Fonseca, Restaurante – O Pastus, Rogério Vale, Rute Reis, Tomás Gomes e Zoë Portela de Boeck
Acolhimento e residência artística: Junta de Freguesia de Miranda, Arcos de Valdevez e Teatro Viriato
Co-produção: Prado, Associação Cultural

Duração aproximada: 7 caminhadas diferentes de 15 min. cada

Classificação etária: M/6

Bilhetes

Contribuição solidária (ao chapéu) para as/os artistas intervenientes.

Bilheteira do FITS
bilheteira@festadoteatro.pt
932 570 979 / 925 436 516

A bilheteira abre no dia 17 de Agosto das 18h às 20h e nos restantes dias uma hora antes dos espectáculos indicados com o símbolo de bilhete.

Situa-se na Escola Secundária Sebastião da Gama, com entrada pela Av. Mariano de Carvalho. No dia 21 às 21h funcionará apenas na Escola Secundária D. João II.

Não há multibanco (mas há MB Way).